Tags

, , , , , , , , , , ,

Por Maria José, direto de Portugal (e em português de Portugal)

Em Agosto é mês de férias para aproveitar o verão… Estive na cidade de Coimbra, localizada na região centro de Portugal, nas margens do rio Mondego.

Universidade histórica

Um dos pontos de referência é a Universidade de Coimbra, a mais antiga instituição de ensino superior e pesquisa em Portugal, e uma das universidades mais antigas ainda em operação na Europa e no mundo; foi fundada em 1290 por D. Dinis, em Lisboa, e definitivamente transferida para Coimbra em 1537.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Histórias de amor do tempo do Império

Também visitei a Quinta das lágrimas, onde a lenda e a história se misturam. Foi o cenário dos encontros secretos dos amores de D. Pedro e Dª. Inês de Castro: ele herdeiro do trono em Portugal e ela uma dama espanhola que foi assassinada aqui por ordem do rei D. Afonso IV.

Nas matas e jardins da quinta encontrei a “fonte dos amores” (ano 1326), onde ainda há uma nascente de água que, segundo a lenda, o princípe usava para enviar mensagens a D.ª Inês em barcos de madeira que deslizavam na corrente.

Também encontrei a “fonte das lágrimas“ (ano 1580), onde D.ª Inês foi assassinada e o sangue derramado manchou a rocha em tons de vermelho.

 

 

 

 

 

A verdade sobre o amor de Pedro e Inês

É sempre gostoso ouvir os relatos da Maria José, que aproveita a vida em Portugal para viajar por lugares incríveis! Obrigada por dividir conosco suas aventuras, sempre bem-vindas.🙂

O mais legal é que, enquanto preparava a publicação do material enviado por Maria José, me deparei com o excelente artigo escrito pela jornalista Eliana Cardoso. Confesso que geralmente pulo os textos dela sempre que tenho em mãos o imperdível caderno de cultura do jornal “Valor Econômico”. Mas, desta vez, a coincidência do tema e o saboroso texto de Eliana me cativaram e me chamaram a atenção justamente pela coincidência dos assuntos. Leiam e entendam o que D. Pedro fez com tanto amor dedicado a Inês de Castro.