Tags

, , , , , ,

Hoje é Dia do Astrônomo! Em homenagem aos profissionais que passam noites e noites olhando as estrelas, mas nem por isso vivem no mundo da Lua, nos lembramos de uma campanha sensacional que a Doritos promoveu alguns anos atrás.

Porém, antes de falar sobre o aperitivo mexicano, falemos de quem sabe enxergar as belezas do universo.

Astronômico

O dia 2 de Dezembro foi escolhido como Dia da Astronomia (e também Dia do Astrônomo) em homenagem a Dom Pedro II, imperador do Brasil. História antiga essa, não é? Mas foi assim mesmo que aconteceu, pois Dom Pedro II era astrônomo amador. Por isso, a Sociedade Brasileira de Astronomia, fundada em 1947, escolheu a data e entregou ao antigo imperador o título de patrono da Astronomia Brasileira.

Foto noturna de longa exposição mostra ‘rastro’ da Estação Espacial Internacional e do planeta Júpiter no céu de Leicestershire, na Grã-Bretanha.

Agora sim, me dá um Doritos!

Em março de 2008, a Doritos teve uma ideia que parece saída da cabeça de um cientista maluco: lançar um concurso cultural para então veicular um comercial no espaço. Você ouviu bem, eles jogaram um sinal pelo espaço sideral para que o comercial pudesse ser visto em qualquer planeta.

Para garantir que tudo isso era muito menos do que maluquice sem sentido, a campanha recebeu o apoio de astrônomos da Universidade de Leicester, no Reino Unido, e da EISCAT (The European Incoherent Scatter Scientific Association – algo como organização científica europeia). Chamada de “Doritos Broadcast Project”, a ação custou 150 mil Libras, algo que hoje representaria mais de 400 mil Reais.

O concurso cultural recebeu inúmeros vídeos inspirados no tema You make it, we play it. Clique na imagem abaixo e assista ao filme vencedor.

Esse simpático comercial foi transmitido pela TV aberta do Reino Unido, além de ter sido veiculado por um centro espacial situado no Oceano Ártico, entre a Noruega e o Polo Norte. O sinal jogado no universo tinha cerca de dois bilhões de watts de potência. Para tentar mensurar o quanto isso vale, pense que uma lâmpada simples tem reles 100 watts

O vídeo tinha exatos 29 segundos. Assim sendo, no primeiro 1,2 segundo de transmissão, o sinal chegaria à Lua; aos 4,5 minutos, os marcianos já estariam acompanhando a transmissão; em cinco horas e meia seguidas de exibição do comercial para os planetas universo afora, o sinal teria passado Plutão. Inacreditável (para não dizer, muito bizarro)!

Completando todo o plano de ação da campanha, o sinal ficaria direcionado para os planetas que orbitam a estrela 47 Ursa Maior, onde é possível mesmo que existam condições de vida parecidas com as da Terra.

Na época, Peter Charles, chefe de todo esse projeto, disse que essa campanha era mais importante até do que os comerciais veiculados no intervalo do Super Bowl, principal competição – se pensarmos em audiência – dos Estados Unidos. “Com os comerciais de 30 segundos que veiculamos, tivemos uma audiência de 90 milhões de pessoas”, contou Charles. Imagine então transmitir um comercial para todo o universo? “A Doritos está dando a chance de alguém entrar na história como o criador da primeira propaganda extraterrestre”, afirmou orgulhoso. Sendo assim, Matt B é o primeiro criador de uma campanha que atravessou o espaço e pôde ser vista pelos extraterrestres. Agora os Ets já sabem que podem encontrar salgadinho de queijo e molho de pimenta na Terra, duas maravilhas inventadas pelo ser humano…

*Texto escrito para o blog da Rae,MP