Tags

, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Completando um mês de estadia na Cidade do Cabo, consegui reunir algumas fotos que mostram como a atmosfera da África do Sul reflete a imagem que temos a respeito da África. O estereótipo desse continente recai sobre a fauna que acreditamos estar em todos os lugares… Pois isso é mais ou menos verdade.

Imagine estar passeando em uma rodovia, concentrado no trânsito e em manter a direção na “mão britânica”, quando uma família inteira de babuínos cruza o seu caminho. Mais: imagine virar uma esquina e dar de cara com um pinguim atravessando a rua. Essas e outras cenas fazem parte do imaginário popular que está longe de estar enganado.

Pelas longas estradas da vida

De todos os animais, acho que o mais legal é ver justamente os babuínos. A placa indicando “cuidado, baboons!” aparece de tempos em tempos, alerta evidente de que eles vivem soltos por aí, para fazer a alegria dos turistas que quase nunca estão com as máquinas em punho enquanto trafegam pelas estradas.

Mas no Cabo da Boa Esperança é fácil fácil tirar uma foto com eles. Apesar da fama de serem traiçoeiros, tem gente que consegue chegar bem pertinho para fazer a pose junto com eles. Talvez o perigo apareça mesmo se você tiver comendo alguma coisa. Caso contrário, eles ficam prestando mais atenção neles próprios do que na roda de turistas que costuma se formar ao seu redor.

Xô, gavião!

Caminhando por Kalk Bay, uma simpática vila de pescadores, registramos o flagrante que comprova como os patos daqui podem alcançar lugares inusitados. Lá de cima eles vigiam o seu território contra visitantes indesejáveis que possam ameaçar o seu sossego ou perturbar a tranquilidade do ninho. A despeito do que pensam alguns, os patos voam sim. Pelo menos na África…

Praia de pinguim

Em Simon´s Town fica o paraíso dos pinguins, lugar perfeito para quem ama esses bichinhos meio desengonçados. O ingresso para entrar na pequena praia onde eles vivem custa 80 Rands, cerca de           R$ 20,00. Vale a pena passar uma tarde lá  aproveitando o belo lugar.

Escalando as árvores

Outro animal fácil de ser encontrado no centro de Cape Town é o esquilo, outro bichinho fofo que vive pelos jardins e sempre chega pertinho para um foto. Essa nós tiramos enquanto eles dividiam os amendoins com as pombas. Ficou difícil saber se as crianças estavam se divertindo mais do que as pequenas crianças…

Além desses animais, ainda podemos ver avestruzes, búfalos, ovelhas, veados, dassies (o bicho bonitinho da foto abaixo, parecido com um castor) e as amáveis focas, que sempre dão o ar da graça nos pequenos portos espalhados pela região.