Tags

, , , , , , ,

É uma pena… Ficaremos sem as notícias quentinhas de nossa leitora portuguesa assídua. Maria José enviou-nos as fotos do jogo derradeiro, a chance final. A tristeza pela derrota de Portugal perante a Espanha podem ser sentidas em suas palavras:

“A opinião do povo diz que a culpa era do Queiroz, porque mudou táticas de jogo, não meteu o Deco, substituiu o Hugo Almeida no fim do jogo… Enfim, quando há vitória são todos bons, quando há derrota alguém tem que ficar com a culpa, porque os jogadores andaram ali a brincar de joginho enquanto os Espanhóis tiravam a bola, faziam passes sem problema etc Uma vergonha!

Ora pois, Portugal facilitou com os Espanhóis, e vai ter passagem de regresso. Nas fotos vê-se que no início havia incentivo e ânimo, que logo esmoreceu ao ver os primeiros minutos, aumentou a desilução e com o passar do tempo o desanimo era total. A praça estava cheia e não se ouvia um barulho, nem acreditávamos no que estávamos a ver. Li o texto abaixo no jornal cá da terrinha e pode-se ver que reconhecemos as falhas e inferioridades.”

Viagem dos navegadores acabou em porto espanhol
A Espanha revelou-se mais equipa e venceu com justiça, até porque foi quem mais e melhor situações de golo criou, valendo a classe do guarda/redes português Eduardo para aguentar a esperança. A Espanha começou claramente melhor, e em sete minutos Portugal já tinha permitido ao seu guarda/redes Eduardo brilhar para negar vários golos à Espanha. Quanto tinha a bola em seu poder, Portugal denotava dificuldades em mantê-la e progedir no terreno, pois não encontrava linhas de passe.

A desilusão foi total entre os patrícios.